A bateria acabou!

A bateria do celular acabou.

Quarenta minutos em pé. Cabeça olhando, repetidas vezes, para o teto, isso melhora a respiração.

Durante todos esses minutos é permitido ficar ansiosa, querendo chegar em casa para recarregar a bateria do celular e ver as últimas notificações. Mas antes, é preciso olhar para o lado. E perceber o real: as pessoas que não olham mais para o lado. Ou simplesmente não olham, veem, percebem.

Distrações: músicas ecoadas em seus próprios ouvidos e que, de tão alto, todos os outros ouvem. Jogos banais que fazem (ou não) o tempo passar mais rápido até chegar o destino. Ruídos que parecem conversas e um susto: algumas pessoas ainda conversam. Um olhar vago, de uma mãe e seus três filhos, sendo dois de colo e um dormindo ao seu lado.

Naquele cenário ainda é permitido passar em ruas lotadas de carros; por bares que só tocam músicas sertanejas universitárias recheadas de universitários que sentem prazer em cabular aula. Alguns metros depois, o famoso posto próximo a Universidade, e adivinha? O happy hour de sexta se passa ali mesmo.

Quando a bateria acabou, me desesperei. Mas, as vezes é preciso desligar da sua própria caverna, parar de ver as sombras e perceber quem está ao redor. Seja a mãe, o universitário, o trabalhador que dorme no ônibus, o ar que não circula, o calor que emana, as vozes que se misturam, o estresse no ápice a ponto do estouro. Tudo é interessante de se perceber. Quando a bateria acaba dois desesperos vem: a incomunicação com algumas pessoas e quão incomunicável estou com todo o resto do mundo e dos sentidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s